“A noite reinava e os seus sentidos estavam alerta”

O escritor alemão Thomas Mann, Prémio Nobel da Literatura, narra este sonho da personagem do seu romance “Morte em Veneza”, Gustave von Aschenbach:

“Essa noite teve um sonho horroroso – se sonhar for a palavra exacta para a experiencia física e mental que caiu, na verdade, sobre o seu sono profundo como uma coisa totalmente à parte e real para os seus sentidos, ainda que não estivesse presente. O palco pareceu-lhe, antes, ser a sua própria alma, e os acontecimentos vieram de fora, submetendo violentamente a profunda resistência do seu espírito, deixando pisada, assolada e destruída, toda a estrutura cultural de uma vida. Ao começo foi o medo; o medo e o desejo, com uma curiosidade trémula. A noite reinava, e os seus sentidos estavam alerta. Ouviu ruídos altos, confusos, de muito longe; um clamor e um tumulto…”

in Os Melhores Contos de Thomas Mann, Morte em Veneza Editora Arcádia

 

 

You must be logged in to post a comment