“As insónias são uma vingança do cérebro por não termos reflectido nos problemas durante o dia”

 

Luís Pedro Nunes,  uma das estrelas do “Eixo do Mal”, da SIC-Notícias, fala em entrevista ao iSleep da privação do sono dos políticos e explica as diferenças entre Mário Soares, um Presidente que dormia em qualquer lugar, e Marcelo Rebelo de Sousa, um Presidente que dorme muito pouco.   

 

Há estudos que referem que muitos portugueses têm um atraso de fase no sono, deitando-se às duas e três da manhã. Pode ser uma explicação para a irritação e falta de concentração do dia a dia?  

É completamente incompreensível face à má televisão que temos e sei do que falo…

 

E fora a televisão…?

Dormimos cada vez menos, por causa dos telemóveis, dos aparelhos electrónicos, da luz que estes emitem, da facilidade dos contactos, dos emails que vemos a todas as horas

Dormimos mal …

Os portugueses dormem muito  mal e não se apercebem que dormem mal. Há muitos anos que temos um culto muito permissivo do comprimido para dormir….

As insónias são uma das perturbações do sono mais frequentes ….

As insónias são  uma vingança do cérebro  por não termos reflectido na nossa vida, nos nossos problemas, durante o dia. Ao deitar, o cérebro começa a querer conversar connosco. Mas também nos diz que temos de dormir. Esse conflito é terrível…

Os miúdos também andam  com maus hábitos de sono…

Os miúdos hoje deitam-se muito tarde, ao contrário do que acontecia no meu tempo, deitava-me às nove, dez da noite. E foi assim com a minha geração

 

Muitos políticos referem que dormem pouco. Pensas que tomam decisões erradas por causa disso?     

Acho que sim. Os decisores interagem com outros intervenientes que também dormem pouco, outros políticos, assessores, etc. Há um circuito fechado em que todos vivem na privação do sono, apoiados por sistemas informáticos e electrónicos que geram estados de alerta, geridos directamente por pessoas que também estão em privação do sono.

E o  António Costa?

Anda irritantemente optimista. Devia dormir (risos)

Achas que a privação do sono tem efeitos na falta de concentração?

Acho.Os militares, por exemplo, são muito sensíveis a isto, ao sono que necessitam para estarem mais atentos e aptos para algumas operações. Não quer dizer que tenha ver com a quantidade de sono. Pode ser só meia hora de sono antes de entrarem em acção.

Achas que o sono é bom conselheiro?

O sono regenera, ajuda a criatividade, a renascer para outra visão dos problemas.

E no teu caso? 

Quanto tenho um problema, “colapso” para o sono. Pode não me resolver o problema, mas enquanto durmo não penso nele e acordo  renascido para outra visão das coisas

Dormes bem?

Sempre dormi pouco e já tive muitas insónias

É uma ironia termos tido dez anos um Presidente como Mário Soares que tinha muita facilidade em dormir em qualquer lugar e agora termos um Presidente que só dorme três horas por noite. É o nosso fado do oito ou oitenta?

São tempos completamente diferentes, de séculos diferentes. No tempo de Mário Soares havia um culto do comer bem, do dormir bem, de uma boa charutada….Hoje, o Marcelo Rebelo de Sousa representa um tempo diferente, o tempo agitado, em que se está em todo o lado. Não se vê o Presidente da República a dormir, não se sabe onde dorme. Sabe-se que ele vai de férias, mas vai certamente fazer alguma coisa nas férias…

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

You must be logged in to post a comment