Conselhos para os profissionais de Saúde em luta com o Covid

Teresa Paiva deixa alguns conselhos aos profissionais de saúde, muitos deles médicos.

Primeiro: 3 Pensamentos

1 – Quanto mais árduo é o trabalho, mais cuidados são necessários

2 – Quanto maior é o stress, maior a resiliência necessária

3 – Para passar além do Bojador / Tem que passar além da dor. (In, Mensagem, Fernando Pessoa). Todos teremos de nos suplantar…

Segundo: 3 Hábitos para além de lavar as mãos com frequência

1 – Fazer pausas para descansar e para comer (mesmo pequenas pausas são fundamentais)

2 – Fazer uma coisa de cada vez, porque não tem nem 8 braços nem 2 cabeças

3 – Avaliar a fadiga (fazem-se mais erros qd se está cansado/a) e não a deixar extremar. Pedir ajuda se a fadiga é grande.

Terceiro: 3 Regras no trabalho

1 – Manter rotinas no trabalho, e rotinas em casa, sem misturar casa e trabalho

2 – Ter horas para dormir; dormir uma sesta antes de trabalho noturno; sair dos turnos noturnos com óculos escuros para ser mais fácil dormir em casa.

3 – Evitar conflitos e não entrar; já tem uma guerra sanitária para consumir energia, não arranje outra.

Quarto: 3 Coisas a fazer em casa

1 – Ter o seu tempo e o seu espaço para dormir, descansar. Não leve o hospital para casa.

2 – Olhar para a necessidade de isolamento e contenção como coisa positiva (protege os seus).

3 – Falar com todos e reinventar a ternura da palavra sem gestos (tempo do amor em família).

Quinto: 3 Coisas a não fazer

1 – Passar horas a ouvir/ver sms, mensagens e notícias no telemóvel, nem a responder a avalanches de notícias e factos que o/a atabafam.

2 – Lastimar-se por estar tudo tão mau, sem solução e sem recursos

3 – Culpar-se por não ter feito mais e melhor