“Depois de ter tido um esgotamento, preciso dormir nove a dez horas”

Um visitante do iSleep responde ao barómetro da nossa plataforma digital sobre a qualidade do seu sono: “sonho muitíssimo. das coisas mais variadas e loucas imagináveis. Dificilmente tenho um sonho ruim onde se experimenta pavor ou desespero; mais raro ainda é ter sonhos bons onde se experimenta sensações gostosas como amor ou alegria. Acordo ao menos uma dúzia de vezes por noite. Em 2004 tive um esgotamento mental. Desde então preciso dormir cerca de 9h a 10h por dia para não ter dor de cabeça. Se dormir menos que sete horas com certeza terei dor de cabeça no dia seguinte, aquela dor típica do esgotamento mental. Tomo Bromidrato de Citalopram e Cloridrato de Amitriptilina (para conseguir dormir à noite). Se não tomar a amitriptilina ao final da tarde fico com insónia pesada ou o sono mais leve ainda. Se eu tomar o dobro ou mais da dosagem atual de amitriptilina (25mg), tenho um sono melhor. Mas não gostaria de me afundar neste remédio para conseguir ter um bom descanso”.

You must be logged in to post a comment