Dorme meu filho

Obra da pintora francesa Marguerite Gérard (1761-1837), discípula de Jean-Honoré Fragonard, seu cunhado. Impedida pelas convenções da época de pintar nus, Gérad assinou vários quadros figurativos de cenas da vida doméstica, envolvendo a maternidade, como este, executado entre 1783 e 1786, em que uma mãe toca uma guitarra, embalando o sono do filho. Depois da Revolução francesa, uma vez que os  salões de arte começaram a aceitar a presença de mulheres, Marguerite Gérad exibiu muitas das suas obras e foi premiada. O quadro “A Clemência de Napoleão”, executada por Gérad em 1806, foi mesmo comprada pelo imperador francês. “Dorme meu filho” faz parte do acervo do Museu de Arte de Karlsruhe, na Alemanha.

You must be logged in to post a comment