Dorme-se pior no Natal e Ano Novo

Dezembro é um dos meses menos tranquilos do ano por causa dos afazeres natalícios, compra de prendas e alimentos, preparação da noite da consoada, viagens no país e estrangeiro para as reuniões familiares do Natal, jantares de amigos e de empresas, despesas económicas em excesso.

Logo a seguir ao Natal, o Ano Novo, exige novos desafios, programação de festas, mais compras, confecção de mais refeições, mais viagens, novas despesas, fecho de trabalhos ou de contas profissionais de 2019.   

A maioria das pesssoas continuar a trabalhar neste período, os filhos estão de férias e exigem mais atenções dos pais nas brincadeiras. Aliás, o sono das crianças, perante a azáfama do Natal e a excitação das prendas, também diminui em quantidade e qualidade de sono.  

O tempo não dá para tudo e muitas vezes é o sono que paga. As horas de sono diminuem e acorda-se mais cansado.

O sono também é de menor qualidade, menos reparador.

A ansiedade e as preocupações derivadas dos compromissos sociais, das pressões familiares e financeiras  prejudicam o sono.

Os excessos alimentares, sobretudo com refeições à noite, prejudicam o sono.

O excesso de álcool faz com que o sono seja menos reparador, sobretudo na segunda metade do sono. Na verdade,  o álcool altera o ciclo normal do sono, tornando-o mais superficial. A frequência cardíaca é mais alta e pode diminuir a quantidade de sono REM.  

O jet lag social, expresso na diferença entre as horas de deitar e acordar habituais de cada um, o chamado cronotipo ou relógio biológico, e as horas a que efectivamente se deita e acorda por causa dos afazeres sociais (de Natal e Ano Novo) ou profissionais, faz com que se acorde mais cansado porque se dormiu menos horas que o necessário.   

As viagens de automóvel para as reuniões familiares são cansativas. Por vezes adormece-se ao volante, o que é naturalmente muito perigoso e causador de acidentes. As viagens aéreas, sobretudo para fusos horários diferentes, causam jet-lag.   

A juntar a estes factores, dezembro, com dias mais curtos e com menos horas de luz solar diminuem a exposição à luz natural e prejudicam o sono.   

You must be logged in to post a comment