Dormir pouco contribui para os pensamentos intrusivos

Dormir menos do que as oito horas recomendadas por noite está associado a pensamentos intrusivos e repetitivos, como acontece  nos estados de ansiedade e depressão, segundo um estudo da  Universidade de Binghamton, em Nova Iorque.

A investigação avaliou a duração do sono em indivíduos com níveis moderados e elevados de pensamentos negativos repetitivos (por exemplo, preocupação e ruminação). Os participantes foram expostos a diferentes imagens susceptíveis de desencadear uma resposta emocional e foi registado o seu nível de atenção  através dos movimentos oculares.

Os investigadores descobriram que as interrupções regulares do sono estão associadas à dificuldade em afastar a atenção quando a informação é negativa. O que sugere que menos horas de sono contribuem para que os pensamentos intrusivos negativos permaneçam e interfiram na vida das pessoas.

You must be logged in to post a comment