“Estou gradualmente a dormir menos de novo”

Uma visitante do iSleep descreve o seu sono em resposta ao Barómetro da plataforma digital:  “deito-me cedo, entre as nove e meia e as dez da noite  e acordo cedo, às cinco da manhã. Não consigo já trabalhar ao computador à noite (sou professora), logo faço-o de manhã, depois de 20 a 30 minutos de yoga. No início do ano letivo, comecei a acordar várias vezes durante a noite e duas semanais depois a acordar cada vez mais cedo até dormir apenas três ou quatro horas por noite.  Como o meu rendimento estava a ficar comprometido procurei ajuda holística, que pouco resolveu. Acabei por ir ao médico convencional que me receitou o que menos queria, um sedativo, o “Sedoxil”, para tomar durante 20 dias e depois parar. O facto é que comecei a dormir. No entanto esse prazo está a terminar e estou gradualmente a dormir menos de novo…”

 

 

You must be logged in to post a comment