“Houve um período em  que não sabia se o despertador estava a tocar de dia ou de noite”

Carlos Vaz Marques, jornalista da rádio, diz ao iSleep que “uma noite bem dormida é muito importante para retemperar forças”.

“Faz toda a diferença na capacidade de raciocínio, na capacidade de decisão”, acrescenta.

Quantas horas dorme Carlos Vaz Marques?

“Durmo sete horas por noite. E não tenho insónias”.

Certamente que os hábitos de higiene de sono do jornalista ajudam.

“Como menos à noite, não bebo café nem bebo álcool”, diz.

Mas Carlos Vaz Marques refere que houve períodos em que o sono esteve mais perturbado.

“Estive vários anos a fazer as manhãs informativas da TSF, das cinco da manhã ao meio-dia.  levantava-me às quatro da manhã….. À tarde dormia duas ou três horas. Quando acordava não sabia se o despertador estava a tocar de dia ou de noite, não sabia se estava a acordar num “turno ou noutro”…. não é uma história muito divertida…  Um dia aconteceu-me por o despertador para a hora errada, ter baralhado tudo, acordado às cinco da manhã e chegar atrasado à TSF.

You must be logged in to post a comment