“Já Karl Marx dizia que precisamos dormir oito horas”

“Dou a máxima importância a dormir” diz o cineasta João Botelho ao iSleep.  

“Já karl Marx falava na necessidade de oito horas para dormir, oito horas para trabalhar e oito horas para o lazer”

Na verdade, Marx e outros teorizadores socialistas consideraram que o capital e os capitalistas ultrapassavam os limites da capacidade humana na exigência do trabalho, não  olhando para as necessidades de descanso dos trabalhadores, comerem calmamente a refeição ou apanharem ar fresco e luz solar. 

João Botelho é um homem que vive muitas vezes de noite.

“Deito–me tarde”, refere.

O que não o impede de dormir bem.

O cineasta tem uma página no Facebook que se chama joaobotelhonanoite, onde são colocadas fotografias e comentários sobre as saídas do cineasta para se divertir, dançar e conversar com amigos nos espaços nocturnos de Lisboa, com destaque especial para o Lux Frágil.  

Preocupa-o que alguns políticos digam que dormem pouco?  

“Acho que eles deviam dormir.  Mas se sentem bem assim , deixá-los estar.”

You must be logged in to post a comment