Motorista que atropelou oito pessoas em Moscovo não dormia há 20 horas

O motorista de táxi que atropelou oito pessoas em Moscovo há quinze dias disse no interrogatório policial, divulgado há poucos dias, que carregou inadvertidamente no acelerador em vez de no travão por cansaço extremo, já que não dormia há 20 horas.

O homem, de 28 anos, natural do Quirguistão, uma antiga república soviética da Ásia Central, fugiu do local com medo de ser linchado. Nos primeiros momentos a seguir ao acidente, pensou tratar-se de um atentado terrorista.

O acidente ocorreu próximo da Praça Vermelha, no centro da capital russa. Alguns dos feridos ficaram em estado grave. Entre as vítimas, contam-se adeptos da selecção do México. Com o Mundial de Futebol na Rússia, tendo levado ao país centenas de milhares de adeptos e turistas estrangeiros, sectores como os transportes públicos e privados, os hotéis e restaurantes têm tido trabalho redobrado. Muitos profissionais fazem horas extraordinárias e estão a dormir muito menos.

 

You must be logged in to post a comment