“O sonho de José sobre a gravidez de Maria é um sonho de olhos abertos”

Januario_Torgal_Ferreira

D. Januário Torgal Ferreira, bispo emérito das Forças Armadas e Segurança, diz ao iSleep que  “O sonho de José sobre a concepção de Maria pelo Espírito Santo é um pensamento em vigília, uma intuição, um sonho de olhos abertos, a que foi dada expressão onírica na Biblia em face da estrutura mental da época”.

Contudo, D. Januário Torgal Ferreira diz aceitar a tese de poder ser “um sonho perturbador em virtude de José  viver atormentado com a ideia de Maria o ter traído”.

Na Biblia, no Evangelho Segundo Mateus 1:20, 21 refere-se que José andava a cismar com a gravidez de Maria por não terem ainda “coabitado” e ela ter concebido. Surge-lhe então em sonho o anjo Gabriel para o apaziguar.

Ora, o nascimento de Jesus Cristo foi assim: Maria, sua mãe, estava desposada com José; antes de coabitarem, notou-se que tinha concebido pelo poder do Espírito Santo. José, seu esposo, que era um homem justo e não queria difamá-la, resolveu deixá-la secretamente. Andando ele a pensar nisto, eis que o anjo do Senhor lhe apareceu em sonhos e lhe disse: ‘José, filho de David, não temas receber Maria, tua esposa, pois o que ela concebeu é obra do Espírito Santo. Ela dará à luz um filho, ao qual darás o nome de Jesus, porque Ele salvará o povo dos seus pecados.’ Tudo isto aconteceu para se cumprir o que o Senhor tinha dito pelo profeta: _Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho; e hão-de chamá-lo Emanuel, que quer dizer: Deus connosco. Despertando do sono, José fez como lhe ordenou o anjo do Senhor, e recebeu sua esposa. E, sem que antes a tivesse conhecido, ela deu à luz um filho, ao qual ele pôs o nome de Jesus.”

Comments are closed.