O sono de Agostinho da Silva

Agostinho da Silva escreveu duas quadras sobre o sono, integradas no livro “Quadras Inéditas”   

“Como durmo sossegado

Sabendo que por mim vela

Uma coisa que sonhando

Vivo me tem dentro dela”

(…)

“Não sei que fado me prende

E me desperta cansado

Porque me faz toda a noite

Sonhar que estou acordado”

in Obras de Agostinho da Silva, Quadras inéditas, Editora Ulmeiro, Lisboa 1997

You must be logged in to post a comment