Responda ao questionário online para saber o seu cronotipo e “jet lag social”  

O CENC,  Centro de Medicina do Sono, e o ISAMB, Instituto de Saúde Ambiental da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa são as entidades responsáveis por um estudo, já realizado em diversos países do mundo e neste momento a decorrer em Portugal,  para calcular o “cronotipo” dos Portugueses ,ou seja, o ritmo circadiano interno (relógio biológico). Este influencia o ciclo de sono e a atividade durante as 24 horas do dia.

As responsáveis científicas do estudo, sob a forma de questionário, são Teresa Paiva, especialista em medicina do sono, e Cátia Reis, cronobióloga.

Podem responder ao questionário on line todas as pessoas com mais de 10 anos de idade.

A resposta ao questionário permitirá ainda calcular o “jetlag social”, ou seja, a falta de sono (dívida de sono) que é acumulada ao longo de uma  semana de trabalho. A recolha destes  dados é extremamente importante pois permitir-nos-á perceber os hábitos de sono dos portugueses. Posteriormente poderão vir a ser criadas campanhas de sensibilização, alertando a população em geral para a importância do sono na melhoria da sua qualidade de vida e saúde. Os indicadores que temos neste momento são de que efetivamente andamos a dormir muito pouco, sendo nefastas as consequências para a nossa saúde. Daí a importância da recolha destes dados.

O questionário “online”, demora cerca de 5 minutos a ser respondido. O mesmo é composto por questões relacionadas com os hábitos de sono nos dias de trabalho e nos dias de folga. No caso de o questionário estar a ser respondido por uma criança (mais de 10 anos), quando é mencionado TRABALHO a questão refere-se à escola e aos seus horários, pois para efeitos de resposta a escola e os horários escolares contam como “trabalho” e “horário de trabalho”.

Quando terminar o questionário irá saber qual o seu “cronotipo” e “jetlag social”, comparativamente com a restante população.

Link para resposta ao questionário:

https://humansleepproject.org/pt/chronotyp

Muito obrigada pela vossa colaboração!

 

You must be logged in to post a comment