Resultados de um dos maiores estudos de sono do mundo

Os resultados preliminares de um dos maiores estudos de sono do mundo indicam que as pessoas que dormem em média entre 7 e 8 horas por noite apresentam melhor desempenho cognitivo do que aquelas que dormem menos ou mais do que estas horas de sono.

O estudo, promovido pelo Instituto Cérebro e Mente da Western University do Ontário, no Canadá, e publicado na revista SLEEP envolveu 40 mil pessoas, de várias partes do mundo que responderam a um questionário detalhado que incluía uma série de perguntas para  avaliar o desempenho cognitivo, envolvendo o raciocínio, a destreza verbal e a memória.

Quem respondeu dormir sete a oito horas por noite teve melhores resultados nas provas cognitivas do que quem dormiu menos de sete horas. O raciocínio e a destreza verbal dos participantes foram fortemente afetadas pela diminuição do sono, enquanto o desempenho da memória de curto prazo foi relativamente pouco afetado.

Um dado muito relevante foi que a idade dos participantes que dormiram sete a oito horas não influiu nos resultados. Outro resultado surpreendente foi que a maioria dos participantes que dormiram quatro horas ou menos se comportaram como se fossem quase nove anos mais velhos.

Por sua vez quem declarou que dormia mais horas teve, igualmente, piores resultados nas provas cognitivas.

No estudo, houve também evidência que uma só noite de sono, bem ou mal dormida, pode afetar a capacidade de pensamento.

Os participantes que dormiram mais que o habitual na noite anterior à resposta ao estudo tiveram um desempenho melhor do que aqueles que dormiam a quantidade habitual ou menos.

You must be logged in to post a comment