“Só o sono me consegue colocar novamente em forma”

Nilton 2

Nilton, humorista, apresentador de vários programas de televisão e rádio, diz ao iSleep que  só teve “insónias das boas em que as ideias não param de vir ter comigo”. Apesar de dormir pouco refere que só o sono “o consegue colocar novamente em forma”.

 O “Eu amo você” já faz parte da cultura nacional? Qual foi a pior reacção? E a melhor?

Pior foi quando levei um calduço no Porto. A melhor foi…todas as outras.

Se fosse “eu quero dormir com você” como seria? 

Pior. Muitas pessoas achavam que “Eu amo você” já era uma proposta suficientemente arrojada.

Já fez muito humor com o sono? De que textos se lembra?  

Já brinquei muitas vezes com isso. Principalmente quando fui Pai. Das duas vezes (risos). Digo sempre às grávidas nos espectáculos para dormirem antes que nasça.

O zénite do humor negro é? E envolvendo o sono seria…?

Do humor negro é, como o nome indica, podermos brincar com tudo o que quisermos. Do sono seria mesmo o não dormir e não sentir falta dele.

Muitos políticos referem que dormem pouco. Não afectará as suas decisões?

Depende da capacidade que cada um tenha para lidar com a falta de sono. Mas poderá estar aí a explicação para os últimos trinta anos.

O ex-ministro grego Yanis Varoufakis confessou que enquanto foi ministro teve uma vida louca em que dormiu duas horas por noite durante cinco meses…

E de nada valeu…

Vladimir Putin disse que quando ele está a dormir, o hoje primeiro-ministro Medvedev está acordado e essa é uma forma de governar um extenso país com vários fusos horários…

E eu a achar que andavam os dois a dormir. É o princípio dos call center das multinacionais. Por isso tantas vezes têm sotaque indiano.

O que pensa da expressão Deus não dorme?

Completamente errada. Eu morava no Algarve e descobri que se fosse do Algarve a Faro a pé tinha direito ao mesmo milagre do que se fosse de Ourém que fica a 10 kms de Fátima. Se não dorme, faz muito mal o seu trabalho.

Já foi acordado às tantas da noite por um telefonema insólito?

Muitas vezes. O recorde são seis horas seguidas a tentar um bom telefonema.

Disse numa entrevista que dormir devia ser opcional…

Sim. Acho um desperdício a pessoa perder 8 horas num dia de apenas 24h. Não deveria fazer falta e assim cada um fazia com essas 8 horas o que bem lhe apetecesse.

Só dorme mesmo quatro horas por noite tal como já disse em outras entrevistas? Não recupera ao fim-de-semana?

Durmo em média cinco horas e consigo funcionar. Tenho a sorte de entrar facilmente em sono profundo (foi a melhor explicação que um médico me deu e achei que por 100 euros deveria aceitar como fiável). Não recupero ao fim de semana porque trabalho ainda mais que durante a semana.

Já houve alturas em que sentiu que o sono foi bom conselheiro? Em que medida o ajudou?

Já senti que preciso de dormir. Ando muito cansado e só o sono me consegue colocar novamente em forma. Sinto amiúde, mas infelizmente nem sempre posso. Tenho 8 trabalhos. A minha empresa, os espetáculos, a rádio, a televisão, mulher, dois filhos e ir às finanças pagar impostos. Lá tenho tempo para dormir.

Já teve insónias? É mais “coruja” ou “cotovia”?

Raramente. Só tive insónias das boas em que as ideias não param de vir ter comigo. Adormeço rapidamente.

Lembra-se de alguma história pessoal ou profissional divertida com o sono ou a falta dele?  

Lembro de trocar o nome da terra onde estava a atuar porque estava obviamente cansado. Tinha feito rádio nesse dia. Gravei um programa para a SIC e fiz 250 quilómetros de carro. Acordado desde as seis da manhã,  passava da meia noite e no final de uma hora e meia em palco a falar, agradeci à terra errada a simpatia de me receberem ali. Dei a volta a brincar, mas mesmo assim houve quem reparasse.

Pode contar-nos um sonho fantasioso que tenha tido?

Ainda ontem sonhei que vivia num país.

 

 

 

Comments are closed.