“O sono para mim é descanso, não é criativo”

 

O advogado Carlos Pinto de Abreu fala ao iSleep sobre a sua vida profissional, que se cruzou algumas vezes com pessoas que sofrem de perturbações do sono.

“Sei de muita gente que tem a qualidade de vida diminuída por distúrbios do sono, sobretudo apneia do sono”.

A apneia do sono é uma perturbação que leva a que o sono não seja reparador, o que faz com que o doente muitas vezes adormeça cansado durante o dia.

O perigo maior é adormecer ao volante.

Carlos Pinto de Abreu, salvaguardando o sigilo profissional, refere  que já teve “vários casos judiciais que envolveram  pessoas que adormeceram ao volante, com danos patrimoniais e não patrimoniais avultados”.

Carlos Pinto de Abreu considera o sono essencial, para  regenerar a pessoa ao fim de cada dia.  “ É uma necessidade básica ao nível do oxigénio, da água e da alimentação”, acrescenta.

E como dorme o advogado?

“Durmo bem, é uma bênção. Deito-me a horas regulares e durmo cerca de seis, sete horas, nem de mais nem de menos”

E os sonhos?

“Sonho pouco. O sono para mim é descanso, não é criativo”.

 

You must be logged in to post a comment