Teresa Paiva participou no Congresso da Sociedade de Estomatologia

A neurologista e especialista em medicina do sono foi uma das oradores do XXXIX Congresso da Sociedade Portuguesa de Estomatologia e Medicina Dentária,  que decorreu no passado dia 18 e 19 de outubro no Porto.

Teresa Paiva falou sobre apneia no contexto da patologia do sono e a sua prevalência, um tema que Teresa Paiva conhece bem, tendo sido o primeiro médico em Portugal a fazer um diagnóstico de apneia do sono.  

“A apneia do sono é vista como uma ‘coisa de homem’ e as mulheres evitam dizer que ressonam”, disse.

“À semelhança dos homens, também as mulheres podem ter apneia do sono, ainda que com uma prevalência um pouco menor (1% a 2%) e desenvolvendo-a quando apresentam índices de massa corporal superiores aos dos homens”

“Principalmente depois da menopausa, com o aumento de peso e o envelhecimento, as mulheres  começam a ressonar e as diferenças entre homens e mulheres na incidência da apneia do sono esbatem-se”, referiu Teresa Paiva .

“Tanto o ressonar como as apneias do sono nas mulheres têm maiores riscos cardiovasculares”, acrescentou.

Teresa Paiva falou ainda dos tratamentos de estomatologia para a apneia do sono, que consistem na colocação de próteses para avanço da mandíbula, ou seja do maxilar inferior. Estas próteses começam a ser consideradas tratamentos de primeira linha nas apneias ligeiras ou moderadas, sem sonolência.  

You must be logged in to post a comment