Teresa Paiva participa na conferência “SNS no feminino”

A neurologista e especialista em medicina do sono vai participar a 21 e 22 de novembro na Conferência “SNS no feminino”, sobre o contributo das mulheres portuguesas na construção do Serviço Nacional de Saúde nas últimas décadas.

A conferência decorre no auditório do Edifício novo da Polícia Judiciária, em Lisboa e é organizada pela Associação Portuguesa para o Desenvolvimento Hospitalar (APHD).   

Como médicas, enfermeiras e técnicas de outras áreas da saúde, as mulheres têm tido um papel fundamental no funcionamento dos hospitais e atendimento aos doentes desde 1979, data da criação do SNS há 40 anos (Comemorações decorreram este ano)

O Ministério da Saúde também é aquele que tem sido liderado por mais mulheres desde o 25 de abril: Leonor Beleza, Maria de Belém, Manuela Arcanjo, Ana Jorge, Marta Temido. O que totalizou 14 anos de exercício de poder exercido pelas mulheres à frente do Ministério da Saúde.

Teresa Paiva licenciou-se em medicina em 1969 pela Faculdade  de Medicina de Lisboa, fez a  especialidade de neurologia, doutorou-se e foi professora na FMUL.   

Começou a interessar-se pela problemática do sono na década de 80, na sequência de casos de apneia do sono que seguia nas consultas de cefaleias.

“Fiz o primeiro diagnóstico de apneia do sono em Portugal nos anos 80. Na altura toda a gente se riu, o homem atirava as coisas para fora da mesa da cabeceira, adormecia a comer, não se sabia o que era. Foi também o primeiro a ser tratado, fizemos uma traqueostomia”, diz Teresa Paiva ao iSleep.

Em 1983, após três anos a trabalhar num sistema de monitorização do coma, transfere esse mesmo sistema para a problemática do sono, iniciando a monitorização e o registo do sono. Em 1983 funda também o Centro de  Electroencefalografia e Neurofisiologia Clínica (CENC), onde ainda hoje exerce a sua actividade privada.  

Em 1986 desenvolve a primeira Consulta do Sono no Hospital de Santa Maria e em 2004, cria o primeiro Mestrado de Ciências do Sono a nível mundial, na Faculdade de Medicina de Lisboa.

A conferência conta com a participação de Maria de Belém Roseira, ex-ministra da Saúde, Graça Freitas, Directora-Geral da DGS, Helena Canhão, Professora da NOVA Medical School da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa, entre outros. A actual ministra da Saúde, Marta Temido, encerra a iniciativa no dia 22 de novembro à tarde.    

You must be logged in to post a comment