Sabia que …

Sono Alzheimer

Os idosos têm problemas acrescidos de sono. O primeiro diz respeito à convicção de que se deve dormir. Os idosos precisam de dormir menos horas, cinco, seis, sete horas e se continuam a tentar dormir oito horas têm uma expectativa frustrada. Depois, os idosos têm maior prevalência de sintomas disruptivos para o sono: as dores articulares, o urinar de noite, etc. Por outro lado, tomam geralmente mais remédios, para a hipertensão, o colesterol, etc, e alguns podem induzir insónia. Os idosos têm ainda maior prevalência de doenças do sono, designadamente síndrome das pernas inquietas, apneias, etc. e por isso maior probabilidade de dormir mal. Os idosos também podem ter medo de morrer a dormir, o que ocasiona insónia.

Partilhar: