90 por cento de jovens usam dispositivos electrónicos antes de dormir

 

Ipad
FOTO: Tonyhall

 

Um estudo recente norueguês que envolveu 10 mil jovens entre os 16 e os 19 anos concluiu que 90% deste universo utiliza dispositivos electrónicos  uma hora antes de dormir. Quanto mais aparelhos electrónicos usam e mais demoradamente menos tempo de sono têm. Segundo outros estudos, muitos jovens na Europa e nos EUA utilizam até cinco aparelhos com écran durante o dia, entre televisão, computadores, iphones e smarthponhes, consolas, etc.

A investigação escandinava refere como causa provável da diminuição do número de horas de sono dos jovens o facto destes não irem dormir mais cedo em virtude do próprio uso dos dispositivos electrónicos mas também explica que o tempo de utilização dos aparelhos está associado a maior dificuldade em adormecer.

Os adolescentes que passam mais de quatro horas por dia em frente de um écran têm, segundo a investigação, um risco 50 por cento superior de estarem mais de uma hora à noite para adormecerem. O mesmo risco afecta aqueles que usam aparelhos electrónicos imediatamente antes de se deitarem.

Um estudo norte-americano chegou a conclusões idênticas ao norueguês e acrescentou novos dados. Estudantes com smartphones à mesa de cabeceira dormiam nos dias de escola em média 20 minutos menos que adolescentes sem esses aparelhos. A maioria destes jovens também tinha uma percepção de sono pouco reparador, o que indica, segundo a investigação, que o uso do smartphone não só dificulta o adormecer mas também contribui para um sono interrompido durante a noite. Na origem deste sono interrompido poderá estar para os investigadores o facto de o aparelho os acordar com mensagens, sons automáticos e disparo de luminosidade.

 

Partilhar: