“A privação de sono causa alterações no humor”

Teresa Paiva participou em abril passado nas I Jornadas de Saúde, Medicina e Humor, organizadas pela Câmara Municipal de Albergaria-a-Velha. Carlos Fiolhais, Eduardo Sá, Francisco Jorge, Gonçalo Tavares, Joana Cruz, Júlio Magalhães, Maria do Céu Santo e Samuel Úria foram outros dos convidados.

Teresa Paiva falou sobre os efeitos da má qualidade do sono e da privação do sono no humor.

“A privação de sono causa claramente alterações no humor”, refere Teresa Paiva.

“As pessoas que dormem mal ou pouco ficam mais cansadas, mais irritadiças, o seu humor piora muito ou sofre grandes oscilações”, acrescenta.

“As distrações também são fundamentais para dormir bem e o excesso de trabalho e as preocupações afectam e reduzem o sono”, adianta a neurologista e especialista em medicina do sono.

Ou seja, se o mau sono prejudica o humor, o excesso de trabalho e as preocupações, sem tempo para o lazer e relaxamento, pioram o humor e também prejudicam o sono.

O iSleep tem analisado a relação entre o humor e o sono nas suas páginas.

Um estudo da Universidade de  Melbourne, na Austrália, publicado em 2021 no Journal of Sleep Research  avaliou as dimensões do sono e do humor em 205 adolescentes (54,1% do sexo feminino), com uma média de idades de 16,9 anos, concluindo que um humor positivo mais elevado está associado a maior duração do tempo de sono.

Por sua vez, um estudo da Universidade de Michigan, nos EUA, também de 2021, publicado na revista Nature’s npj Digital, Medicine concluiu  que horários irregulares de sono e vigília aumentam o risco  de desenvolver depressão e mau humor, podendo até ser mais prejudiciais à saúde mental do que não dormir o suficiente.

 

Partilhar: