Apneia do sono e Alzheimer com o mesmo tipo de lesões cerebrais

Um novo estudo do Instituto de Tecnologia de Melbourne, na Austrália (RMIT), realizado recentemente por cientistas australianos e islandeses, indica que as lesões cerebrais começam no mesmo local e disseminam-se da mesma maneira na apneia do sono e na Doença de Alzheimer.

A investigação, publicada na revista Sleep, revelou placas amilóides semelhantes ao Alzheimer nos cérebros de pacientes com apneia obstrutiva do sono diagnosticada, uma perturbação do sono que afeta mais de 936 milhões de pessoas em todo o mundo e cerca de 30% de idosos.

“Um paciente que tenha apneia do sono na meia-idade, é mais provável que desenvolva Alzheimer quando for mais velho. Por sua vez, um paciente que tenha Alzheimer, é mais provável que tenha apneia do sono do que outras pessoas da mesma idade”, disse o investigador principal do estudo, Stephen Robinson.

Partilhar: