Depressão e falta de vitamina D

Ter falta de vitamina D num país cheio de sol é no mínimo estranho mas hoje em dia muitos doentes com queixas de depressão, de  fadiga ou de insónia apresentam esta carência. A vitamina D estava por regra baixa nos doentes idosos que não saiam de casa ou viviam em instituições mas em Portugal esse défice tornou-se quase epidérmico. Muitas pessoas perderam o hábito de ir para o jardim com os filhos, de passear na rua, de andar ao ar livre – e a produção de vitamina D não é feita, uma vez que requer a estimulação da luz solar.

 

Partilhar: