“Já dei por mim aos saltos na cama”

Os visitantes do iSleep respondem ao barómetro da nossa plataforma digital sobre a qualidade do seu sono: “Já dei por mim aos saltos na cama e o meu marido diz que tenho muitos espasmos, diz que por vezes faz-lhe confusão. (é muito raro dar conta disso). Se acordar a meio da noite os sonhos começam com mais intensidade, mas também acontecem se for sono seguido. Os sonhos são sempre muito vividos, com muita confusão, correria, desacatos, discussões. É como se estivesse mesmo lá a viver tudo aquilo. Quando acordo, custa-me abrir os olhos, raciocinar, é como se estivesse adormecida. As manhãs custam-me muito, não estou completamente concentrada e tenho falta de memoria. Digamos que só mais para o final do dia sinto-me com energia (deveria ser ao contrário). Ao deitar, como sinto que ando sempre com sono, não tenho dificuldades em adormecer. Sofro de ansiedade e estou medicada para tal. O meu medico recomendou-me um relaxante muscular mas não consigo tomar. De manhã acordo com uma espécie de  dormência no corpo. Não queria medicar-me para dormir”, diz uma visitante.