Jamie Oliver: “comecei a encarar o sono como uma forma de trabalho”

Jamie Oliver

Jamie Oliver, o famoso cozinheiro internacional, confessa no seu blogue que estava tudo errado com o seu sono mas que de repente tudo mudou, em boa medida por influência do Professor Jason Ellis, neurologista, especialista em medicina do sono britânico : “Há cinco anos que dormia três a quatro horas por noite.  Não porque não conseguisse adormecer quando ia para a cama mas porque mil razões me impediam de desligar, pessoas, distracções, barulhos.

Tomei então consciência que menos de seis horas de sono por noite durante um longo período aumenta o risco de desenvolver uma doença. Poucas horas de sono estão associadas  a obesidade, diabetes tipo 2 e cancro, por exemplo. Hoje, tenho uma atitude completamente diferente. Comecei a tratar, literalmente, o sono como uma forma de trabalho e entrei numa rotina em que o sono se impôe a tudo o mais em cinco ou seis dias da semana”.

Esta alteração de hábitos de Jamie Oliver ocorreu ao mesmo tempo que o cozinheiro internacional preparava o seu último livro “Receitas Saudáveis”.