Jovem Virgem adormecida

Obra do pintor espanhol Francisco Zurbarán (1598-1664), retrata a imagem de uma delicada Jovem Virgem que adormece com o livro das suas orações nas mãos,. À direita do quadro encontra-se uma tigela de porcelana oriental com três flores de grande simbologia: uma rosa, que evoca o amor, um lírio, a pureza, e um cravo, a fidelidade. A obra, executada em 1630-1635, pertence ao acervo da Fundação Banco Santander, com sede em Madrid.

 

 

Partilhar: