Le Sommeil

Lecadre

Le Sommeil (O Sono) do pintor francês Alphonse Eugène Félix Lecadre (1842-1875) é uma pintura de forte simbologia em que a alvura de peles na mãe e no seu filho que dormem contrasta com os tons escuros do ambiente da sala, parecendo ilustrar em simultâneo a leveza e a profundidade de um sono perfeito em que nada nem ninguém se imiscui. O vestido de veludo da  mãe reforça a sensação de profundidade, levando o filho num sono embalado que é também a imagem perfeita da simbiose entre dois seres.  Alphonse Eugène Lecadre, artista de Nantes, falecido com apenas 33 anos, pintou sobretudo nus femininos em poses lânguidas e sensuais. Le Sommeil, pintado em 1872, é uma obra ímpar no seu curto percurso.

 

Partilhar: