O Sono

Obra do pintor impressionista francês Pierre Puvis de Chavannes (1824-1898) retrata um grupo de camponeses que dorme ou descansa ao por do sol, junto às árvores, certamente após uma jornada de trabalho. Um casal de velhos, uma mulher e o seu filho, um homem e seu filho, parecem representar as várias idades da vida. Alguns críticos de arte referem que o quadro, executado em 1867, retrata um estádio de semi-consciência, entre o acordar e adormecer, que provoca sonolência no próprio público que o observa. A obra faz parte do acervo do Palácio das Belas Artes de Lille. Puvis gostou tanto do seu quadro que fez dezenas de réplicas, uma das quais se encontra no Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque.