Sabia que…

FOTO: ISAI MORENO
FOTO: ISAI MORENO

O trabalho por turnos deve ter regras de organização de horários. Não deve funcionar para trás no tempo, isto é “noite-tarde”, mas sim para a frente, “tarde-noite”. Os trabalhadores não devem fazer mais do que cinco turnos de oito horas por semana, ou mais que quatro de 12 horas. Por sua vez, o turno não se deve iniciar antes  das 7 horas e devem existir pausas de repouso.

Por outro lado, ter trabalho diurno  excessivo, trabalho excessivo ao fim-de-semana e desenvolver funções sobre as quais não há capacidade de decisão são igualmente susceptíveis de agravar o problema do trabalho por turnos.

As sestas profilácticas antes de uma noite de trabalho são muito eficazes. Ao regressar de um turno nocturno o trabalhador deve evitar expor-se à luz solar (usar óculos escuros, por exemplo) e deve evitar conduzir.

Partilhar: