Sabia que …

Adolescentes
FOTO: SCHRODER E SCHOMBS

Na adolescência, há três factores que, em conjunto, podem interferir negativamente sobre o sono. Dois são fisiológicos: os adolescentes tendem a adormecer mais tarde, têm um discreto “atraso de fase” e, a par disso, têm maior necessidade de dormir. Chama-se a “hipersónia fisiológica da adolescência” .

Há ainda influências culturais significativas: ver televisão até tarde e os jogos de vídeo. Vários  estudos provaram que os adolescentes e as crianças que têm televisão e/ou computador no quarto têm pior qualidade de sono e pior rendimento escolar. Por sua vez, os telemóveis e o recurso frequente aos SMS próprios dos jovens e dos adolescentes são mais um factor de perturbação do sono. Por outro lado, os hábitos de fim-de-semana com idas para a discoteca a começar pelas duas ou três horas da manhã e acabar às seis ou oito horas, após recurso a shots, a outras bebidas e até a drogas, agravam o problema.

Pela madrugada e manhã os jovens vão-se defrontar com uma série de handicaps: a privação de sono, a hora do dia, a ingestão de álcool e drogas. Em conjunto, estes factores são uma “bomba-relógio” que reduz a vigilidade e favorece os acidentes de viação, as crises epilépticas, etc.

Partilhar: