Sabia que …

Os dois sexos diferem na prevalência de certas características do sono e das suas doenças. Estas diferenças ocorrem logo desde o nascimento mas tornam-se substanciais a partir da puberdade. Em bebés, os rapazes tendem a dormir pior do que as raparigas e nestas o sono é mais longo e tranquilo. Esta maior duração do sono das raparigas persiste na infância e na adolescência, mas depois da puberdade elas levam mais tempo a adormecer.

Na idade adulta, as mulheres têm mais dificuldades de sono do que os homens, com estes a terem maior duração do tempo total de sono, da latência do sono, das percentagens de sono lento profundo, e de sono REM.

Partilhar: