Sono fragmentado causa alucinações

Um estudo da Universidade de Gottingen, na Holanda, realizou um survey com uma grande amostra populacional, mais de dez mil participantes, e retirou quatro grandes conclusões sobre a qualidade do sono.

Em primeiro lugar, mostrou que o sono fragmentado está relacionado com a ocorrência de alucinações. Em segundo lugar, que as alucinações se revelam nos domínios auditivo, visual, olfativo e tátil. Em terceiro lugar que o sono fragmentado não está apenas relacionado com a ocorrência, mas também com o conteúdo, frequência, duração e sofrimento associado às alucinações. Finalmente, e em quarto lugar, que uma melhor qualidade do sono, em comparação com o sono insatisfatório e fragmentado, está associado a alucinações que são menos negativas e perturbadoras.

O estudo concluiu ainda que as regras de higiene do sono, como deitar a horas regulares, não utilizar dispositivos electrónicos, não fazer exercício físico e não beber café à noite, podem ter um forte impacto positivo em indivíduos cujo sono fragmentado está por trás da ocorrência de alucinações incômodas.

Estes resultados confirmam estudos anteriores mas com uma amostra mais significativa.

Partilhar: