“Um sono muito profundo até elimina os sonhos”

O filósofo romano Séneca, nascido em Córdova em 4 a.C, contemporâneo de Jesus Cristo,  descreve o sono leve e profundo:

“Quem tem o sono leve, mesmo quando descansa tem a visão das coisas e, por vezes, enquanto dorme, tem a consciência de estar dormindo; um sono muito profundo, porém, elimina até os sonhos, entorpece tao profundamente o espírito que o faz perder o conhecimento de si próprio

in Lúcio Aneu Séneca, Cartas a Lucílio, Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa 2021

 

Partilhar: